A Origem do sabor

28 de jul de 2016 | Gastronomia Vem Viver | por:

“Desde que comecei com a gastronomia sempre pensei no sabor. O que me marca mesmo é a sensação de Uau… O serviço é importante, o ambiente é importante, mas o sabor, esse sim, é o fundamental”…

Assim nasce um sonho, a vontade de colocar a Origem, o ponto de partida, a procedência, o nascimento, o que dá inicio em seu devido lugar de importância. A fala acima é do Chef Fabricio Lemos, que depois de passar por casas importantes como o Restaurante Amado e o jovem Al Mare, levantou voo ao lado de seu amor, a confeiteira Lisiane Arouca. Um sonho antigo que tomou corpo depois de anos de amadurecimento e mudanças, tanto profissionais quanto na própria cabeça de Fabricio. O nome mudou, o conceito, a ideia expandiu quando o Chef enxergou que a origem do sabor está presente, principalmente, no seu frescor. “Alimento bom é alimento fresco. Peixe bom é peixe fresco. As pessoas precisam perder o preconceito com relação a alguns insumos só porque acham que são de segunda categoria, não é bem assim”, diz Fabricio.

O restaurante, que abre hoje para o público baiano, está recheado de sentidos. As paredes tem o tom da terra e abraça os biomas da Bahia, com uma alma que viaja do recôncavo ao litoral. Será possível se deliciar com os frutos do mar, que são a marca registrada de Fabricio, mas também será possível comer um Ragu de bode com tapioca. A mistura de elementos, cores e texturas é a cara do chef, que agora estará mais voltada ao que é regional, valorizando o solo baiano.

FullSizeRender[7]

Decoração do Restaurante Origem

Sabores e experiências

A gastronomia vive de tendência mas Fabricio Lemos vai na contramão. Ele acredita que é importante ter um norte, mas é preciso inovar, é preciso acreditar na própria essência e a partir dela sair do lugar comum. “Alex Atala é um pai para a gastronomia, então ele dita e os filhos seguem. Eu acho importante, mas é preciso entender o que ele fala, não precisamos interpretar tudo de maneira literal, não é isso que ele quer dizer. Não precisamos todos comer formigas a partir de agora, o que precisamos é ver que o importante no ingrediente é a simplicidade”, diz o Chef.

Mexer com os sentidos, essa é a vontade dos envolvidos no nascimento do Origem, que contará também com um menu especial de sobremesas elaborado pela especialista Lisiane Arouca. Os doces também usam matérias locais e remetem a infância com nomes sugestivos como, “Das Meninas”, “Banana quase Real” e “Meu Sertão”.

Restaurante Origem – Alameda das Algarobas, 74, Caminho das Árvores.

Reservas: (71) 3013-1773

Fotografia: Marcele Neves

© 2016 Com amor em cada pitada Desenvolvido por Moringa Criações